área de acesso restrito
  • continuar conectado
Lembrar minha senha
sem cadastro

Campanha nacional contra abuso sexual no transporte público será lançada em Brasília

07/03/2018 | Geral

Pela primeira vez será realizada uma campanha nacional de prevenção da violência contra a mulher e do abuso sexual no transporte coletivo que envolve passageiros, motoristas e cobradores de ônibus. Esse é o principal diferencial da campanha “Ônibus é lugar de respeito! Chega de abusos!”, que será lançada nesta quinta-feira (8/3), 9h, em Brasília, como parte da celebração do mês da mulher.

A campanha é uma iniciativa da Associação Nacional das Empresas de Transportes Urbanos (NTU) e do Serviço Social do Transporte/Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte (SEST-SENAT). Em Brasília, a ação envolve as seis empresas de ônibus que operam no Distrito Federal (Auto Viação Marechal, Viação Pioneira, Viação São José, Viação Piracicabana, TCB e Urbi) e será desenvolvida em parceria com o Governo do Distrito Federal (Secretaria de Mobilidade, Secretaria-Adjunta de Políticas para Mulheres, Igualdade Racial e Direitos Humanos/SEDESTMIDH e Subsecretaria de Segurança), no âmbito do programa “Brasília Cidadã”.

A preocupação com os casos de abusos no transporte público (22% das ocorrências ocorrem nesse ambiente, segundo pesquisa Datafolha de 23/12/17) motivaram a ação, que envolve uma campanha publicitária e a capacitação de cobradores e motoristas profissionais de ônibus para lidarem melhor com esse tipo de violência. Embora não seja centrada no estímulo à denúncia, a campanha pede que os usuários não ignorem ocorrências deste tipo e oferece opções de telefones que podem ser acionados se a situação de abuso está ocorrendo ou já ocorreu.

Os materiais de campanha incluem cartazes nos ônibus, folhetos para distribuição a bordo e nos terminais de passageiros, busdoor, com a opção de conteúdo para uso interno e externo, e adesivação dos veículos, entre outros. A adesão de todas as empresas de Brasília no lançamento garante a presença dos materiais em 100% da frota de três mil ônibus do Distrito Federal ao longo do mês de março. A iniciativa será estendida aos demais Estados.

Um dos pontos de maior atenção nesse trabalho, a capacitação dos profissionais do transporte, já tem previsão de turma-piloto prevista para 18 de junho. O primeiro encontro com profissionais das empresas de ônibus foi realizado no dia 23 de fevereiro e serviu para gerar subsídios para a elaboração do curso e seu respectivo material didático, a cargo do  SEST - SENAT, em parceria com a NTU e o UNFPA (Fundo de População da ONU). O curso estará disponível para todas as empresas de transporte público do país a partir do segundo semestre.

Para a Associação Nacional das Empresas de Transportes Urbanos (NTU) é fundamental que a sociedade entenda que os ônibus são espaços de convivência social e, por esse motivo, devem ser percebidos como lugares seguros e acolhedores, de uso coletivo, onde as regras da boa convivência devem ser aplicadas por todos, e onde atitudes abusivas não serão toleradas. “Essa questão do abuso é do interesse de toda a sociedade. Por isso, a campanha não é centrada no estímulo à denúncia, mas na promoção do respeito às usuárias e no engajamento da comunidade de usuários e usuárias do transporte para tornar o transporte coletivo um espaço livre de abusos”, esclarece o presidente executivo da NTU, Otávio Cunha.

A diretora-executiva nacional do SEST SENAT, Nicole Goulart, lembra que a violência contra a mulher é considerada problema social, por isso, o caráter didático da campanha. “Nós, do SEST SENAT, estamos engajados em sensibilizar e capacitar os trabalhadores do transporte para que eles tomem consciência do problema e se tornem referência no setor em atitude de respeito e proteção da mulher".

 

Serviço

Lançamento da campanha “Ônibus é lugar de respeito! Chega de abusos!”

 

Data: 08/03/2018 (quinta-feira)

Horário: 9h

Local: Salão Nobre do Palácio do Buriti

 

CONTATOS IMPRENSA

Socorro Ramalho

[email protected]

61. 99202-8019

61. 3323-1072

 

Tópicos
transporte público - NTU - campanha
Notícias