área de acesso restrito
  • continuar conectado
Lembrar minha senha
sem cadastro

HP lança campanha "Viagem Solidária" para ajudar a OVG

25/05/2020 | Geral

Miniônibus do City Bus 2.0 serão pontos de arrecadação de donativos para a Campanha de Combate à Propagação do Coronavírus

A HP Transportes Coletivos, companhia de transporte público da região Metropolitana de Goiânia, se une à Organização das Voluntárias de Goiás (OVG) para ajudar aqueles que mais precisam. A empresa lança a campanha "Viagem Solidária", nesta segunda-feira, dia 25 de maio, para arrecadar produtos de higiene e limpeza que serão destinados a famílias em situação de vulnerabilidade social.

Os miniônibus do City Bus 2.0 serão os pontos autorizados de arrecadação. Ao acessar o aplicativo de celular para solicitar a viagem, os passageiros serão informados sobre a campanha. Quem se interessar em ajudar, deverá entregar as doações ao motorista do veículo.

Os produtos arrecadados serão destinados à Campanha de Combate à Propagação do Coronavírus, iniciativa do Governo de Goiás, realizada por meio da OVG e Gabinete de Políticas Sociais. A ação começou há dois meses e arrecada donativos e recursos para amenizar os efeitos da crise causada pela pandemia do novo coronavírus.

A presidente de honra da OVG e coordenadora do Gabinete de Políticas Sociais, primeira-dama Gracinha Caiado, ressalta que o sucesso da campanha tem sido garantido pela união de forças de diversas empresas, órgãos públicos, autarquias e do cidadão. "Graças à solidariedade de tantas pessoas e empresas, como a HP, entregamos donativos nos 246 municípios goianos e continuamos atendendo a região metropolitana da capital. Com mais essa parceria poderemos ajudar mais famílias".

Diretora-geral da OVG, Adryanna Melo Caiado agradece a iniciativa da HP e lembra que a campanha continua. "É mais um aliado de peso neste momento tão difícil que estamos passando. Infelizmente a pandemia ainda persiste e somente com a contribuição de todos é que vamos continuar atendendo os mais vulneráveis", pontua.

"O medo de se contagiar pelo coronavírus, o isolamento social e dúvidas sobre o futuro é para todos. Porém o problema se acentua muito para as famílias de baixa renda, pois, além dos problemas comuns a todos, sofrem e se enfraquecem pela falta de alimento. É necessário, então que nos coloquemos no lugar dos mais pobres e nos unamos, solidariamente, para amenizar a dor da fome. Assim sairemos melhores dessa crise que afeta a humanidade", considera a diretora executiva da HP Transportes Indiara Ferreira.